IITAA

O Instituto de Investigação e Tecnologia da Agronomia e Meio Ambiente (IITAA) desenvolve trabalho de investigação com o objetivo de perseguir estudos em diversas áreas, como a caracterização / previsão do clima insular e os efeitos das mudanças globais em comunidades do oceano para os to... Ler mais »

PROJECTOS

Valorização ecosustentável de espécies vegetais invasoras da Macaronésia para a obtenção de fibras industriais, MAC/4.6D/040

Agricultura e Produção Animal

2014 - 2020

Resumo

O projeto Ecofibras (Valorização ecosustentável de espécies vegetais invasoras da Macaronésia para a obtenção de fibras industriais, MAC/4.6D/040), financiado pelo programa de cooperação territorial MAC 2014-2020, primeira chamada, através de fundos FEDER começou oficialmente a 1 de janeiro de 2017. Este projeto entronca no eixo 4 da cooperação transnacional, dedicada a preservar e proteger o meio ambiente e a promover a eficiência dos recursos naturais, em especial para a proteção e restauração da biodiversidade. A primeira reunião presencial, entre todos os parceiros do projeto, teve lugar no dia 27 de fevereiro, no Parque da Ciência - Tecnologia ULPGC (Tafira Campus), Las Palmas, Gran Canária.

O projeto baseia-se na exploração de fibras naturais de espécies vegetais invasoras da Macaronésia, tais como L. A. donax (cana, cana-do-reino ou cana-vieira), Pennisetum setaceum (conhecido como rabo de gato), Agave Americana (pita) e Ricinus communis (rícino ou mamona), todos propagados sem controle nos três arquipélagos envolvidos no projeto (Canárias, Açores e Madeira), e que figuram na TOP100 das espécies invasoras mais perigosas da União Internacional para a Conservação da Natureza. A proposta também aborda a caracterização dos fluxos de resíduos da biomassa, gerados como resultado do processo de extração das fibras.

No final do projeto, produzir-se-á uma série de protótipos em material composto (polímero + fibra natural), por forma a que disponha de provas reais que, demonstrem as propriedades destes materiais, e que sirvam como ferramenta de divulgação do projeto.

Este projeto envolve a Universidade de Las Palmas, que atua como chefe de fila, a Universidade da Madeira (Centro de Química da Madeira), o Cabildo de Gran Canaria (através do Jardim Botânico Canário Viera e Clavijo), a Universidade dos Açores, o Instituto de Investigação e Tecnologias Agrárias e do Ambiente e a Fundação Gaspar Frutuoso.

 

Equipa

Alfredo E. S. Borba
Diretor do IITAA
Carlos Fernando Mimoso Vouzela
Membro Integrado com contrato
Henrique José Duarte Rosa
Membro Integrado com contrato
João Madruga
Investigador Colaborador (Outros)

Instituição Financiadora

Entidades Parceiras

 

Ver todos os projectos

 
Web Development: Via Oceânica, 2009
English