IITAA

O Instituto de Investigação e Tecnologia da Agronomia e Meio Ambiente (IITAA) desenvolve trabalho de investigação com o objetivo de perseguir estudos em diversas áreas, como a caracterização / previsão do clima insular e os efeitos das mudanças globais em comunidades do oceano para os to... Ler mais »

RECURSOS

Briófitos das cavidades vulcânicas dos Açores

Categoria: Palestras

As cavidades vulcânicas dos Açores são ambientes particularmente interessantes, não só pelas suas características geológicas, mas também pelas suas características biológicas, nomeadamente da flora que pode ser observada junto às entradas. Entre as plantas do grupo dos briófitos (musgos, hepáticas e antocerotas) encontram-se espécies pioneiras, com capacidade de ocupar os substratos rochosos, em condições de elevada humidade e apesar dos baixos níveis de luminosidade. Neste trabalho foram avaliadas as grutas e algares dos Açores na perspectiva de diversidade e riqueza de espécies de briófitos, utilizando para isso novos dados de campo, registos de herbário e a informação bibliográfica disponível. Apenas 41 das 271 cavidades conhecidas no Arquipélago (15%) foram amostradas relativamente à sua flora. A qualidade dos dados de flora é inconsistente, com algumas cavidades (nomeadamente na Terceira e no Pico) com melhor amostragem do que outras. Mesmo com este conhecimento fragmentado e incompleto, foram já registadas 161 das 380 espécies de briófitos presentes nos Açores (42%) e 38 das 71 espécies da Lista Vermelha de Briófitos da Europa (53%) que ocorrem nas ilhas. Espécies comuns incluem as hepáticas Calypogeia arguta, Jubula hutchinsiae e Lejeunea lamacerina, e os musgos Epipterygium tozeri, Eurhynchium praelongum, Fissidens serrulatus, Isopterygium elegans, Lepidopilum virens e Tetrastichium fontanum. Entre as espécies consideradas raras na Lista Vermelha Europeia, e para as quais o habitat cavernícola é importante contam-se as hepáticas Asterella africana, Dumortiera hirsuta e Plagiochila longispina e o musgo Archidium alternifolium. Estes dados permitiram obter índices multi-critério, que consideram não só a diversidade e raridade dos briófitos, como também algumas das suas características geológicas numa tentativa de facilitar a hierarquização e gestão das cavidades vulcânicas dos Açores.


Ver todos os recursos

 
Web Development: Via Oceânica, 2009
English